Um crime misterioso chocou moradores do Jardim das Américas no fim da tarde desta quinta-feira (20). Um rapaz de 26 anos foi morto na marginal da BR-277, próximo ao final da Rua José Lucas. Moradores ouviram tiros e encontraram Felipe Gomes Mateus baleado e caído ao lado do muro de uma residência.

O rapaz chegou a ser socorrido pelo Siate, mas já estava morto. Segundo a perícia do Instituto de Criminalística, Felipe foi morto com quatro tiros. Dois acertaram a mão direita e dois o peito. “O rapaz ainda levou um quinto tiro, que acertou o celular. O aparelho foi completamente destruído”, disse o perito Silvestre.

De acordo com o perito, a forma em que os tiros o atingiram e como ele caiu morto pode significar que, de alguma forma, ele tentou se defender dos disparos. “Principalmente porque os tiros que acertaram a mão foram transfixantes, o que significa que ele usou a mão para tentar se esquivar”, explicou Silvestre.

Policiais militares e civis, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) não quiseram comentar sobre o crime. No momento em que Felipe foi baleado chovia bastante, o que causou estranheza nos policiais que tentavam entender como o crime aconteceu e até chegaram a levantar a hipótese de que ele possa ter sido deixado no local. O que se sabe, é que Felipe era do Mato Grosso, estava em Curitiba há certo tempo e não morava no Jardim das Américas. Informações podem ser passadas pelo disque-denúncia da DHPP, 0800-6431-121.