enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Choque contra trem provoca uma morte

  • Por Carlos Simon

Uma Parati colidiu com um trem da empresa América Latina Logística (ALL), às 19h50 de segunda-feira, no Cajuru, zona leste de Curitiba, e causou a morte de uma pessoa. O motorista do veículo, Mário Luís Andreta, de 41 anos, foi socorrido pelo Siate mas não resistiu e morreu horas depois, no Hospital Cajuru. O corpo foi encaminhado posteriormente ao necrotério do Instituto Médico-Legal de Curitiba.

A colisão ocorreu na passagem de nível na Rua Desembargador Antônio Ferreira da Costa. Mário, bancário e morador do Boqueirão (zona sul), estava sozinho na Parati, placa AIC-4961, e bateu numa composição de 30 vagões vazios, que seguia de Curitiba para Rio Branco do Sul.

Mais um

Outro acidente entre um trem e um carro ocorreu às 10h55 de ontem, em Pinhais. O motorista, que não sofreu ferimentos, bateu em uma composição também vazia que fazia o percurso de Paranaguá para Curitiba.

Segundo a assessoria de imprensa da ALL, no caso do Cajuru o motorista desrespeitou a preferência do trilho. A empresa alega que, embora não seja responsável pela sinalização das passagens de nível, instalou equipamentos de segurança em 60 cruzamentos considerados perigosos na zona urbana da Região Metropolitana de Curitiba.

Além da implantação dos redutores de velocidade, placas de sinalização e tachões separando as pistas, a ALL promete instalar placas informando aos motoristas sobre o Código Nacional de Trânsito que considera a linha férrea preferencial e caracteriza infração gravíssima do motorista não parar antes de atravessar os trilhos.

Menos acidentes

A concessionária afirma que o número de colisões caiu 51% nos últimos dois anos. Em 2000 foram registrados 154 abalroamentos, enquanto que em 2002 este número não passou de 75, de acordo com dados da própria ALL.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas