enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Costela quebrada

Bandidos reagem à abordagem e mandam chumbo em investigadores

Um dos policiais foi atingido, mas passa bem; marginal vai ver o sol do xadrez

  • Por Karen Bortolini

O policial civil Kowalski, da delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, foi baleado com tiro de pistola nas costelas durante uma operação na tarde de ontem. Ele foi levado ao Hospital Cajuru e não corre risco de morte. Os investigadores detiveram Sidnei Ferreira dos Santos, 41 anos, suspeito de integrar uma quadrilha de assaltantes.

Pela manhã, os policiais verificavam a denúncia de que uma residência, na Rua Rosa Shneider, abrigava veículos roubados, mas não encontraram nenhum carro no endereço. Kowalski e outro investigador abordaram dois suspeitos que passavam na rua e foram recebidos a tiros. Eles correram para dentro da viatura, mas Kowalski teve a costela quebrada por um tiro. O carro dos policiais ficou crivado de balas.

Tiro

Durante a tarde, outra equipe voltou à casa e encontrou Sidnei. Estacionado na garagem, estava o Jetta placa AYM-2324, com alerta de roubo, e a cerca de 200 metros encontraram o Clio, ANE-5995, também roubado. Dentro de um dos carros, a polícia apreendeu um fuzil, uma submetralhadora, dinamites, duas granadas, radiocomunicador, cinco coletes balísticos e toucas balaclavas. Outros integrantes da suposta quadrilha fugiram no Voyage AUM-5748, roubado, que foi abandonado em seguida. À noite, outros suspeitos foram detidos.

Veja na galeria de fotos as armas.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas