Um perigoso seqüestrador, com 14 mandados de prisão em seu nome, em quatro estados, foi detido na noite de terça-feira, em Londrina. José Pins, 54 anos, acusado de estelionato, formação de quadrilha, roubo e seqüestro, foi detido juntamente com Agnaldo Gomes da Silva, 35 anos, e Carlos Augusto Rodrigues, que ao ser preso apresentou documentos falsos.

De acordo com o delegado Sérgio Barroso, titular da 10.ª Subdivisão de Polícia de Londrina, a PM local recebeu uma denúncia anônima de que o bandido chegaria à região na noite de terça-feira. Por volta das 21h, os PMs interceptaram o carro de José na PR-445. Dentro do automóvel também estavam Agnaldo e Carlos. Todos foram levados à 10.ª Subdivisão. Após cumpridos alguns dos mandados de prisão contra José, ele foi levado à cidade de Faxinal, a cerca de 90 quilômetros ao sul de Londrina, onde tem outros mandados em aberto. No Paraná, informou o delegado, Pins também teria mandados de prisão por Palotina.

José era procurado em São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás. Em São Paulo tem pelo menos cinco condenações por crimes diversos.

José vinha sendo procurado por estelionato. No golpe do ?3 por 1?, envolvendo troca de dólares, ele enganava as vítimas trocando dinheiro falso por verdadeiro. Quando o golpe não saía como planejado, disse o delegado, o bandido seqüestrava as vítimas, para extorquir dinheiro de maneira forçada. José é acusado, pela polícia paulista, de praticar os crimes em companhia de seu filho, Herieverson Rogério Pins, 29. Ambos já estiveram presos, porém, no ano passado, conseguiram fugir de uma delegacia de Goiânia (GO), pela porta da frente.