O núcleo de Foz do Iguaçu do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriu, na última sexta-feira (05), mandado de busca e apreensão expedido pelo Juízo da 2.ª Vara Criminal da comarca. A ação ocorreu em dois endereços de São Miguel do Iguaçu, município do Oeste Paranaense.

Na ocasião, foram apreendidos produtos ilícitos em posse de um agente penitenciário de execução e de seu sogro. Entre os materiais estavam uma arma de fogo, um carregador com nove munições .32 e outras de calibres variados.

Em seu interrogatório, o agente penitenciário afirmou que recebeu a arma de fogo de um preso, confirmando as informações colhidas durante a investigação preliminar.

O agente, que está lotado na Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu II, foi preso em flagrante juntamente com seu sogro. Eles foram postos liberdade em seguida, mediante pagamento de fiança, e irão responder o processo em liberdade.