Tropas israelenses prenderam neste domingo (20) um legislador sênior do Hamas, ampliando a ação sobre o grupo militante islâmico, disseram oficiais palestinos e parentes do preso. Israel mantém agora cinco ministros e dezenas de legisladores.

Tropas cercaram a casa de Mahmoud al-Ramahi, secretário-geral do Parlamento, "em plena luz do dia e o detiveram", confirmou a irmã de Mahmoud, Yaqeen.

O secretário vinha fugindo do cerco de Israel desde que os israelenses começaram a agir contra oficiais do Hamas em 25 de Junho, logo após o seqüestro do soldado israelense, atribuído a militantes ligados ao Hamas, na Faixa de Gaza. O Exército israelense ainda não comentou a prisão.