O Serviço Social da Indústria (Sesi) divulga amanhã (4), às 8h30, estudo que mostra o perfil do trabalhador brasileiro com carteira assinada, além de detalhes sobre as empresas, como número, porte, setor e localização nos 5.500 municípios brasileiros.

A pesquisa revela o grau de escolaridade, sexo, faixa etária, rendimento e atividade do empregado formal e foi baseada nos dados de 2003 da Relação Anual de Informação Social (Rais), que as empresas encaminham ao Ministério do Trabalho e Emprego anualmente.

O levantamento é feito a cada dois anos com o objetivo de orientar as ações e os programas do Sesi nas áreas de educação e qualidade de vida do trabalhador, identificando com clareza as mudanças no mundo do trabalho. Segundo a entidade, de 2001 para 2003, o número de empregados na indústria cresceu 5%, e o de industriários analfabetos caiu 30%.

O Perfil do Trabalhador Formal Brasileiro será apresentado durante entrevista coletiva do diretor-superintendente do Departamento Nacional do Sesi, Rui Lima do Nascimento, e do diretor da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Alexandre Furlan. A pesquisa vai ser divulgada em formato impresso e em CD-Rom.