O senador democrata Joe Lieberman pediu hoje a renúncia do secretário de defesa norte-americano, Donald Rumsfeld. Lieberman alegou, ainda, a necessidade da criação de uma conferência internacional sobre a crise no Iraque. "Acredito que é a hora de uma liderança diferente no Pentágono", declarou Lieberman, que lançou sua candidatura independente ao senado, por Connecticut, depois de perder as eleições internas devido a seu apoio a guerra.

Entretanto, o senador também criticou seus correligionários democratas, acusando a exigências de "condições de ingresso" para os militantes do partido. "Com todo respeito a Rumsfeld, que trabalhou arduamente durante seis anos, seria benéfico ter uma nova liderança para nossas tropas no Iraque", afirmou o senador em entrevista a rede CBS de televisão.