enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Em Curitiba

Preso suspeito de atacar rádios e emissora de TV com coquetel molotov ‘improvisado’

  • Por Redação

O suspeito dos atentados nas Rádios 98FM, Mundo Livre FM e Band Curitiba, foi preso na manhã desta quarta-feira (21). Jeremias Oliveira da Silva, 33 anos, foi encontrado em uma casa abandonada no bairro Pilarzinho e confessou o crime.

Segundo o delegado Leonardo Carneiro, do 3º Distrito, o suspeito alega que foi ofendido por trabalhadores da rádio e da emissora e que por isso cometeu o crime. Em entrevista à Tribuna do Paraná, Jeremias disse que ouviu em casa algumas ofensas e sabia que era para ele.

Ataques

De acordo com relatos de testemunhas, o homem chegou a pé na rádio no final da tarde de quarta-feira (20) sozinho, e despertou a atenção de uma colaboradora que estava saindo do trabalho.

O porteiro da Band teve queimaduras de segundo grau e prestou depoimento à polícia hoje. Foto: Atila Alberti

O porteiro da Band teve queimaduras de segundo grau e prestou depoimento à polícia hoje. Foto: Atila Alberti

Ao perceber a presença do rapaz suspeito, ela voltou e avisou o porteiro. Logo em seguida, o homem invadiu a recepção e acendeu o objeto que continha um líquido inflamável, tentando também queimar o porteiro.

Leia também: Porteiro é atingido por coquetel molotov em ataque contra emissora de Curitiba

Já o outro atentado foi na última quinta-feira (15), na sede da Band Curitiba, no bairro Vista Alegre. O porteiro da emissora teve queimaduras de segundo grau e prestou depoimento à polícia hoje.

Veja como foi feita a prisão

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

15 Comentários em "Preso suspeito de atacar rádios e emissora de TV com coquetel molotov ‘improvisado’"


Christovam Pessoa
Christovam Pessoa
9 meses 25 dias atrás

Marginal, drogado, mentiroso….não sabe dizer o que disseram e nem quem foi…viajando na maionese totalmente….

COXA ENVERGONHANDO O PARANÁ DESDE 1909
COXA ENVERGONHANDO O PARANÁ DESDE 1909
9 meses 26 dias atrás

já aparece o direito dos manos para defender esse lixo e chamar de coitadinho

MARCELO PADILHA
MARCELO PADILHA
9 meses 26 dias atrás

Lixo crackudo. Era só a Polícia ter passado e alegado que reagiu em surto psicótico. Ninguém iria reclamar a carcaça, mesmo.

fernando
fernando
9 meses 25 dias atrás

Deveria ter metido um tiro nesse crackudo lixo.

Coxa doido  Verdão
Coxa doido Verdão
9 meses 26 dias atrás

Solução para noia é tiro na nuca.

República do Paraná
República do Paraná
9 meses 26 dias atrás

O Crackudo e seus surtos psicóticos.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas