enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Flagrante

Suspeito de tráfico, GM é preso em ação da Polícia Federal na Grande Curitiba

  • Por Redação / Tribuna do Paraná
Ação aconteceu na residência do agente e também na sede da GM, onde o armário dele foi revistado. Foto: Divulgação/GM Fazenda Rio Grande

Uma operação da Polícia Federal no município de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), realizada na manhã desta quinta-feira (7), resultou na prisão de um guarda municipal da cidade, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. O agente tem 29 anos e estava há oito anos na corporação.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Durante as buscas na residência do agente em questão, no bairro Santa Terezinha, os policiais federais encontraram vários objetos ilícitos, provenientes de contrabando, drogas, medicamentos de origem estrangeira e uma arma (uma pistola 6,35mm) em situação irregular, sem registro. Além disso, também foram encontrados outros materiais ilícitos no armário utilizado pelo agente na sede da Guarda Municipal.

De acordo com informações da Polícia Federal, as investigações começaram após a interceptação de uma correspondência internacional contendo comprimidos de ecstasy, com o endereço do guarda como destinatário.

A postagem inicialmente interceptada continha 337 comprimidos de Ecstasy oriundos da Holanda e dentre os materiais apreendidos na data de hoje, há elementos que confirmam que o destino da droga era de fato para o preso. Como por exemplo, correspondências internacionais com endereçamento e nome de destinatário.

Além de drogas e medicamentos de origem estrangeira, também foi apreendida uma pistola em situação irregular. Foto: Divulgação/PF

Além de drogas e medicamentos de origem estrangeira, também foi apreendida uma pistola em situação irregular. Foto: Divulgação/PF

+Leia também: Vídeo mostra momento em que policial é esfaqueada no rosto. Ela levou 30 pontos!

A própria Guarda Municipal de Fazenda Rio Grande participou da operação, facilitando o acesso dos policiais federais ao armário do agente municipal e também participando das buscas na residência dele. “Para combatermos o crime, devemos começar dando o exemplo. Essa ação fez parte de uma operação que objetiva a transparência da Guarda Municipal de Fazenda Rio Grande, ampliando o controle interno e externo de seus agentes”, disse o secretário municipal de Defesa, Capitão João Feitosa.

Em nota oficial, a Secretaria Municipal de Defesa informou que, comprovada sua culpabilidade, o guarda será submetido a procedimentos disciplinares internos, que poderão resultar em exoneração do cargo, além de responder criminalmente à Justiça. Procurado pela Tribuna do Paraná, o capitão ainda disse que mais prisões poderão ocorrer nos próximos dias. O preso e o material foram encaminhados à Superintendência Regional da Polícia Federal onde permanecerão à disposição da justiça.

PMs presos por extorsão são identificados e portavam armas irregulares

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

4 Comentários em "Suspeito de tráfico, GM é preso em ação da Polícia Federal na Grande Curitiba"


Machado Machado
Machado Machado
6 meses 15 dias atrás

Tem que publicar a cara e o nome deste sujeito. Aliás, pra que serve os guardas? Dias atrás precisei do serviço deles e mandaram ligar pro 190, pois o tipo de ocorrência eles não atendiam(perturbação do sossego).

Adriano
Adriano
6 meses 15 dias atrás

Rodou legal, o emprego dele foi pra fita, podem acreditar

Guershon Naftaly
Guershon Naftaly
6 meses 15 dias atrás

Esse guarda,tem que se punido no rigor da lei..Até agora não entendi essa proliferação de GMs Brasil afora…Pra que??Aumentem os efetivos das policias militares e civil e se extingam essas Gms..Né não??

Nelson A Portela PORTELA
Nelson A Portela PORTELA
6 meses 16 dias atrás

PF NA ÁREA, AÍ DEU RUIM PRO GUARDA MUNICIPAL, PARABÉNS AOS AGENTES DA LEI!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas