Assaltantes fortemente armados com explosivos e armas de grosso calibre fizeram um grande estrago na madrugada desta sexta-feira (6), na agência da Caixa Econômica Federal, em Campina Grande do Sul, na região Metropolitana de Curitiba (RMC). Até o momento, não foi informado se a quadrilha conseguiu levar dinheiro do banco ou não.

+Setor policial! Suspeita de bomba fecha banco e bloqueia rua na Grande Curitiba!

Segundo a Polícia Militar, os assaltantes teriam usado uma caminhonete roubada em Curitiba e até um micro-ônibus, utilizado para bloquear a rua. Após a explosão, a quadrilha teria partido em direção ao município de Colombo, também na RMC.

“Foram ao menos dois veículos e eles seguem escondidos na região. O Cope (Centro de Operações Policiais Especiais) ainda vai chegar para nos auxiliar nas buscas. Os assaltantes usaram armas pesadas como pistola 765 e até uma 12”, relatou o Tenente Maycon Leandro de Souza, em entrevista à RPC. Nenhuma pessoa foi presa.

+Viu essa? Prefeitura libera táxi coletivo, que vai concorrer com apps e ônibus

A Polícia Federal está no local avaliando os estragos na agência que teve vidros quebrados, ferros retorcidos. Até mesmo móveis acabaram para o lado de fora do banco.

A agência está localizada na Rua Professor Duílio Calderari e a região está bloqueada pela Polícia Militar (PM) e não existe previsão para a liberação para a população.

Não é a primeira vez!

Não é a primeira vez que Campina Grande do Sul é alvo de quadrilhas. Desde 2015, o município enfrenta ao menos uma vez ao ano um assalto a agencia bancária. A última vez foi em março do ano passado quando bandidos invadiram um banco para levar malotes em dinheiro e na ação dispararam tiros na rua assustando os moradores do Jardim Paulista, o mesmo bairro da confusão desta madrugada.

https://www.tribunapr.com.br/cacadores-de-noticias/curitiba/conheca-vereador-contra-aumento-vereadores-grande-curitiba