O ditado já dizia que, “em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher”. No entanto, a Polícia Rodoviária Federal precisou interferir em uma confusão na manhã desta sexta-feira (10) após o esposo se envolver em um acidente no quilômetro 12,5 da BR-116, na Linha Verde, em Curitiba. Após a colisão, os policiais perceberam que o condutor apresentava quase 15 facadas no peito e também havia esfaqueado sua companheira.

De acordo com um policial que atendeu a ocorrência, o homem de 29 anos bateu o carro, fugiu e foi perseguido pela equipe da PRF, que o abordou três quadras depois com o apoio de uma viatura da Polícia Militar. Neste momento, a equipe percebeu que ele estava ferido. “Ele teria agredido a mulher com faca e depois ele mesmo teria se agredido com quase 15 facadas no peito. Como a faca era pequena, ele não morreu”, disse.

Segundo a PRF, o motorista foi preso e encaminhado sob custódia ao Hospital Cajuru com perfuração no pulmão e passará por uma cirurgia. Já a esposa foi encaminhada ao Hospital do Trabalhador e não há informações a respeito do seu estado de saúde.