Na parte relativa ao "valerioduto", o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) Mista dos Correios pede à Justiça o indiciamento do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil (BB) Henrique Pizzolato pelos crimes de falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e peculato.

Já o indiciamento do ex-presidente do BB Cássio Kasseb é recomendado por prática de condescendência criminosa. O ex-diretor do Banco Rural Oto Diniz Amorim é acusado de fraude na administração de sociedade por ações, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Com eles, o parecer pede à Justiça que indicie também outros dois ex-diretores do BB: Nara Silveira e José Roberto Palieri. Aos proprietários do Rural, Kátia Rabelo, e do Banco BMG, Ricardo Guimarães – dos quais o documento também pede o indiciamento -, são atribuídos os crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e fraude na administração de sociedade por ações.

O relator, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), e os sub-relatores pedem ainda o indiciamento de outros dois diretores do BMG – José Otávio de Carvalho Lopes e Janaína Pereira – por prática de falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.