enkontra.com
Fechar busca

Política

Troca de farpas

PT critica Bolsonaro por não reconhecer governo de Maduro

PT emitiu nota em que critica a adesão do Brasil ao Tratado de Lima, que não reconhece o novo mandado de Nicolás Maduro

  • Por Gazeta do Povo
Gleisi criticou, em nota, a decisão do governo de Jair Bolsonaro de não reconhecer o novo mandato de Maduro. Foto: Paulo Pinto/Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores (PT) emitiu uma nota repudiando a decisão do governo brasileiro de não reconhecer o novo mandato de Nicolás Maduro como presidente da Venezuela e de apoiar a agenda política do presidente americano Donald Trump em relação ao país sul-americano. Na semana passada, os representantes do Grupo de Lima, incluindo o Brasil, assinaram uma declaração não reconhecendo a legitimidade do novo mandato de Maduro, que começa oficialmente na próxima quinta-feira (10).

“A decisão do novo governo brasileiro de apoiar a recente declaração do Grupo de Lima, que não reconhece o mandato do presidente Maduro e incita a realização de um golpe de Estado na Venezuela, contraria as mais altas tradições da diplomacia do Brasil, que, atendendo aos princípios constitucionais da não-intervenção e da solução pacífica das controvérsias, sempre apostou no diálogo e na negociação como únicas formas de resolver o conflito interno daquele país irmão”, diz a nota do PT.

Para o partido, o Brasil seguiu a uma agenda política defendida por Trump, que tenta “desestabilizar o governo eleito daquele país (Venezuela) e acirrar seu conflito interno”. Na nota, o PT diz que a decisão demonstra que o Brasil não tem política externa autônoma e adverte que a decisão deve “agravar o conflito interno da Venezuela, fragilizar a integração da América Latina, apequenar o Brasil e, muito provavelmente, ocasionar grave instabilidade em toda a nossa região”.

A nota é assinada por Gleisi Hoffmann, presidente do PT, e por Lindbergh Farias e Paulo Pimenta, respectivamente, líderes do partido no Senado e na Câmara.

O que decidiu o Grupo de Lima

Dos 13 integrantes do Grupo de Lima, somente o México não assinou o documento que não reconhece Nicolás Maduro como presidente da Venezuela. O Brasil, já representado pelo novo chanceler, Ernesto Araújo, assinou o documento.

Nicolas-MaduroO grupo afirma que o mandato de Maduro foi conseguido através de uma eleição ilegítima. “O processo eleitoral realizado na Venezuela em 20 de maio de 2018 carece de legitimidade por não haver contado com a participação de todos os atores políticos venezuelanos, nem com a presença de observadores internacionais independentes, nem com garantias e padrões necessários a um processo livre, justo e transparente”, diz o comunicado oficial do grupo.

No documento, o grupo pediu que o mandatário venezuelano não assuma o mandato e transfira o poder para a Assembleia Nacional até a realização de eleições livre. O grupo, porém, rejeitou a ideia de uma intervenção internacional.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias de hoje sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Greca deixa o hospital após cirurgia e 11 dias de internamento

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

49 Comentários em "PT critica Bolsonaro por não reconhecer governo de Maduro"


Luiz Gabardo
Luiz Gabardo
2 meses 5 dias atrás

Esse bando de vgbnd0s não se enxerga mesmo!!

FRANCISCO SISSA
FRANCISCO SISSA
2 meses 6 dias atrás

PT deveria ir para Venezuela inclusive essa loka a Cleise Lula

Eivaldo Dantas de Medeiros
Eivaldo Dantas de Medeiros
2 meses 9 dias atrás

Esse presidente venezuelano já está apodrecendo de tão MADURO! E a população venezuelana que não têm culpa desse regime tão opressor, já estão a beira da extrema pobreza…! Tem que fazer mesmo esse “MADURO” apodrecer atrás das grades. Ladrão é ladrão e não se regenera!

Luiz Gabardo
Luiz Gabardo
2 meses 5 dias atrás

Melhor que atrás das grades seria embaixo da terra!! Não é mesmo?

Carlos Gomes
Carlos Gomes
2 meses 11 dias atrás

Se PT tá criticando quer dizer que está no caminho certo, se PT apoiasse coisa boa é que não seria. Gleisi tem mais é que ficar no acampamento na porta da cadeia e tirar as férias na Venezuela e em Cuba.

celso izepao
celso izepao
2 meses 11 dias atrás

Tenho pena do povo Venezuelano e tanto é que a dep Gleisi e todos os demais PTistas deveriam mudar-se para a Venezuela para ajudar a recuperar o país afinal não foi o PT que ajudou o Maduro a transformar aquele outrora pujante pais no “paraiso” que lá se instalou? Gleisi, deixe de ser hipócrita.

1 2 3 6
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas