Foto: Julio Covello/SECS

Maurício Requião: R$ 500 milhões a mais.

O governador Roberto Requião enviou ontem à Assembléia Legislativa uma proposta de emenda constitucional que eleva de 25% para 30% o investimento obrigatório pelo governo do Estado em Educação. Segundo o secretário da Educação, Maurício Requião, a emenda pode representar um investimento recorde na área. "Se nós tivermos em 2007 uma receita de R$ 10 bilhões, significa que cada ponto percentual vai equivaler a R$ 100 milhões. Se estamos elevando em 5% o percentual mínimo, serão R$ 500 milhões a mais em Educação", anunciou o secretário durante reunião da Escola de Governo.

Ele disse que a medida é uma mostra de que o Estado respeita os profissionais da educação e está preocupado em garantir educação de qualidade aos paranaenses. Já o secretário-chefe da Casa Civil, Rafael Iatauro, comunicou aos representantes da APP-Sindicato o envio da mensagem que eleva o percentual para investimento em educação e lembrou que o Paraná será o segundo estado a adotar a medida. "Em todo país, apenas São Paulo fez esta mudança", salientou.

Iatauro informou também que o benefício, na forma que é proposto pelo governo, representa uma conquista permanente. "O governo está pedindo uma alteração na Constituição Estadual. É uma garantia que os professores têm, seja qual for o governante eleito", explicou. O secretário recebeu os professores no Palácio Iguaçu acompanhado da deputada estadual Elza Correia, presidente da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa.