A ex-presidente do Banco Rural Kátia Rabelo e a ex-diretora da SMP&B Simone Vasconcelos, condenadas pelo processo do mensalão e presas em Brasília desde o fim de semana, foram transferidas ontem, 18, à noite da Superintendência da Polícia Federal para uma unidade da Polícia Militar dentro do Complexo Penitenciário da Papuda.

O advogado de Kátia Rabelo, José Carlos Dias, disse ontem que já tinha pedido ao juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal a transferência dela para uma prisão em Belo Horizonte, domicílio da família dela. O juiz decidiu enviá-las para a Papuda porque o Presídio Feminino da Colmeia, na Região Administrativa do Gama (DF), não oferecia condições de segurança para alojá-las.