enkontra.com
Fechar busca

Política

Começa definição de integrantes de CPIs

  • Por Elizabete Castro

As lideranças dos partidos na Assembléia Legislativa têm até amanhã para indicar seus representantes nas cinco Comissões Parlamentares de Inquérito que serão instaladas na sessão plenária da tarde pela Mesa Executiva.

O presidente da Assembléia, deputado Hermas Brandão (PSDB), avisou que se não receber os nomes até o início da sessão vai indicar sozinho os integrantes das CPIs.

As cinco Comissões – Copel, Pedágio, Jogos Mundiais da Natureza, Banestado e ParanaCidade – terão um total de 41 vagas a serem preenchidas pelos 54 deputados estaduais, sem contar as suplências. A maior delas é a CPI do Banestado, que terá onze membros. A Comissão da Copel será a segunda maior, com nove integrantes. As outras três terão sete deputados cada uma.

O PMDB e o PT, partidos com as maiores bancadas em plenário, devem ocupar a presidência e a relatoria da maioria das Comissões. Os dois partidos também terão o maior número de representantes nas CPIs. Os líderes dos partidos e os integrantes da Mesa Executiva estão impedidos, pelo Regimento Interno, de integrar as Comissões.

A incipiente oposição ao governo, representada por setores do PFL e PTB, também participará das CPIs. “Embora não concordemos em formar CPI para investigar um governo que já acabou, vamos indicar representantes para acompanhar de perto os trabalhos das Comissões”, disse o deputado Elio Rusch (PFL). Segundo ele, as denúncias que fundamentam os pedidos de CPIs deveriam ser objeto de auditorias do governo estadual, com investigação pelo Ministério Público.

Apenas duas Comissões já têm os presidentes acertados. O deputado Neivo Beraldin (PDT) conduzirá a CPI do Banestado. Já a deputada Elza Correia (PMDB) comandará a Comissão da Copel.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas