A presidenta Dilma Rousseff chegou com quase uma hora de atraso no encontro com a presidente argentina, Cristina Kirchner, na Casa Rosada. O motivo foram as fortes chuvas na região.

Dilma chegou acompanhada de sete ministros: Antonio Patriota (Relações Exteriores), Nelson Jobim (Defesa); Aloysio Mercadante (Ciência e Tecnologia); Fernando Pimentel (Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior); Iriny Lopes (Mulheres); Mário Negromonte (Cidades); Paulo Bernardo (Comunicações), além do interino de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, e o assessor especial, Marco Aurélio Garcia. Por volta de 13 horas de hoje, as mães e avós da Praça de Maio aguardavam Dilma no Salão de Mujeres, para o encontro que haverá em seguida à reunião bilateral.