O prefeito Beto Richa e o senador Alvaro Dias, ambos do PSDB, são os preferidos na disputa pelo governo estadual nas eleições de 2010. É o que mostra a primeira pesquisa do Instituto Datafolha sobre intenções de voto com possíveis candidatos à sucessão no ano que vem. Richa e Dias obtiveram, cada um, 39% das intenções de voto em duas das quatro simulações.

A primeira hipótese leva em conta Alvaro Dias como candidato do PSBD e a não apresentação de candidatura por parte do PT. Neste caso, o senador aparece na liderança das intenções de voto, com 39%, seguido de Osmar Dias (PDT), com 27%; Rubens Bueno (PPS), 8%; Orlando Pessuti (PMDB), 6%; votos em branco, nulos ou em nenhum desses candidatos, 12%. Do total de entrevistados, 8% não soube responder.

Na segunda simulação, o Datafolha perguntou a intenção de voto se o PT não apresentasse candidato e com Beto Richa na disputa pelo PSDB. O prefeito teve 39%, contra 31% de Osmar Dias e 7% de Orlando Pessuti. Votos em branco, nulos ou em nenhum desses candidatos foram as opções de 10% dos entrevistados e 7% não sabiam.

Outra situação

A terceira hipótese não tem Osmar Dias como candidato, mas conta com a candidatura do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, pelo PT, e com Alvaro Dias como candidato pelo PSDB.

A liderança das intenções de voto ficou com o senador: 52%. Em seguida, veio Rubens Bueno, com 10%; Orlando Pessuti, 8%; Paulo Bernardo, 3%; votos em branco, nulos ou em nenhum desses candidatos, 17%. A opção “não sabe” foi a escolhida por 11% dos entrevistados.

Em cenário com Paulo Bernardo e Beto Richa, o prefeito teve 52% das intenções de voto; Rubens Bueno, 10%; Orlando Pessuti, 8%; Paulo Bernardo, 4%; votos em branco, nulos ou em nenhum desses candidatos, 16%. Permaneceu o índice de 11% dos que não sabem em quem votar caso esses fossem os candidatos. A pesquisa do Datafolha ouviu 1.083 pessoas no Paraná. A margem de erro é de três pontos percentuais.