Terminou por volta das 13h30 a rebelião dos cerca de mil detentos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, iniciada na noite de ontem (20). A tropa de choque entrou no prédio para encerrar o motim. Dezessete agentes penitenciários foram mantidos reféns. Os presos estão passando por uma revista.