A Polícia Federal prendeu hoje em Curitiba oito pessoas, entre as quais quatro policiais civis, envolvidos com o tráfico de drogas. Os nomes dos policiais civis presos não foram divulgados pela Polícia Federal. A investigação da Polícia Federal teve início há quase dois meses, quando o Jockey Club do Paraná foi assaltado por cinco assaltantes, que usavam coletes da Polícia Civil, que levaram dinheiro, jóias e celulares dos freqüentadores do local. A PF batizou a ação como Operação Jockey.

Os quatro policiais civis presos são do 11º Distrito Policial de Curitiba e a Polícia Federal vai divulgar seus nomes apenas amanhã. Os oito presos são acusados de extorsão, tráfico de drogas, formação de quadrilha e latrocínio. Durante o assalto ao Jockey Club, no dia 26 de outubro, no confronto com a Polícia Militar, foi morto o cabo Júlio César Bales, de 34 anos.

Os policiais foram presos em flagrante quando negociavam a venda de drogas no bairro Hauer, região sul de Curitiba. Junto com os policiais estavam drogas como cocaína e maconha e o dinheiro recebido com a venda das drogas. A Polícia Federal não informou a quantidade de droga apreendida e nem qual a quantia em dinheiro encontrada com os presos.