Parte dos moradores do Grupo 2 do rodízio da Sanepar ? cuja falta de água está programada para ocorrer a partir das 14h de sábado – passará por situação excepcional nesta sexta-feira (dia 8.9), pois o fornecimento de água será interrompido às 14h. A interrupção é necessária para que possam ser executados serviços de substituição de equipamentos. As áreas afetadas voltam a ser abastecidas até a madrugada de sábado e ainda na tarde de sábado entram na escala normal de rodízio do Grupo 2, quando o abastecimento será interrompido novamente das 14h de sábado às 16h de domingo.

As áreas do Grupo 2 atingidas pela interrupção além do rodízio são: Alto da Glória (afetado integralmente), Alto da XV, Bacacheri, Cabral, Cajuru, Capão da Imbuia, Centro, Centro Cívico, Cristo Rei, Hugo Lange, Jardim das Américas, Jardim Botânico, Jardim Social, Juvevê e Tarumã, regiões estas afetadas parcialmente. No Grupo 2 estão 244 mil pessoas, mas a interrupção na sexta-feira ficará restrita a regiões onde vivem 72 mil habitantes. Sentirão a falta de água apenas os moradores que não possuem caixa de água.

A situação excepcional vai ocorrer porque a Sanepar executará serviços de substituição de cinco válvulas de conjuntos motobomba. Para fazer a troca será necessário esvaziar o reservatório de grande porte localizado no Alto da XV e que abastece, entre outros, os moradores incluídos nos grupos 1 e 2. No Grupo 1 estão 224 mil pessoas e que não devem ser afetados pelos serviços, pois estarão em dia normal de rodízio.

A troca das válvulas integra a manutenção preventiva e tem por objetivo garantir confiabilidade ao sistema de abastecimento. Os técnicos optaram por realizar o serviço no feriado porque, com a redução na atividade comercial, há melhores condições para reiniciar o abastecimento.