Veleiro ficou muito avariado depois da colisão.

O sonho do casal Geraldo e Valéria Ormerod em dar a volta ao mundo num veleiro pode estar se transformando num pesadelo. Desde o último dia 18 a viagem foi interrompida por um acidente na costa dos Estados Unidos. O veleiro Vadyo chocou-se contra um contêiner, ficando muito avariado. O casal, que é nascido no Rio de Janeiro, mas adotou Curitiba como sua cidade há 14 anos, foi socorrido pela guarda costeira e levado para South Bridge Marina, em Fort Pierce, na Flórida. Depois do acidente Geraldo e Valéria não puderam continuar a aventura nem mesmo retornar ao Brasil. Eles solicitaram outro barco, já que aquele teve praticamente perda total, junto a Bradesco Seguros, mas a empresa disse que não vai pagar pelo acidente.

O economista Geraldo Ormerod, 58 anos, é capitão amador e instrutor náutico, sendo casado com a pedagoga Valéria Ormerod, 54 anos, tripulante e companheira na aventura. Há dois anos, eles resolveram se desfazer de seus bens, entre eles casas e postos de combustíveis, e seguir no projeto Atlântico 2002, pelo qual pretendiam percorrer todo mundo num período entre 4 e 6 anos. Agora estão impedidos não só de continuar a viagem, como de abandonar o veleiro em terras norte-americanas. Segundo Geraldo, em abril último, o seguro do barco que ele tinha com a Bradesco Seguros venceu. “Meu corretor renovou o seguro, mas comunicou ao meu filho, no Brasil, de que o barco passaria por uma vistoria. Eu cheguei a pagar a primeira parcela do novo seguro, mas a vistoria não foi feita, já que não estava no Brasil. Pensei que estava resolvido. Se soubesse que o seguro não estaria valendo, nem sairia do Brasil”, reclamou.

Geraldo disse que o casal está praticamente jogado numa marina. “O veleiro está totalmente perdido. O custo do barco é da ordem de US$ 30 mil”, revelou, revoltado ao dizer que tudo que ele possui foi investido no barco.

Segundo o capitão, caso não tivesse acontecido o acidente em Cabo Canaveral, quando o casal vinha do Caribe, hoje eles estariam próximos a Nova York.

Mais informações sobre a aventura do casal Ormerod podem ser obtidas pelo site www.veleirovadyo.com.

Prazo

A Bradesco Seguros esclareceu, através de nota, que a vigência do seguro da embarcação terminou em 23 de abril de 2004, tendo o sinistro ocorrido no mês seguinte, em 18 de maio. No dia 20 de abril, conforme solicitação da corretora, foi entregue cotação para renovação do seguro e informado que a mesma dependeria de vistoria prévia. No entanto, somente em 26 de abril a proposta de renovação foi entregue pela corretora à seguradora, sendo devolvida no dia seguinte com a negativa.