Até o final deste mês, em Faxinal do Céu, 200 educadores paranaenses com formação em português, matemática, ciências da natureza, ciências humanas, inglês, administração e informática, dentre eles os profissionais que vão atuar em Apucarana, participam da capacitação inicial do Projovem Urbano Paraná.

Em 2009, o programa está sendo implantado em 17 municípios sob a coordenação da Secretaria de Estado da Criança e da Juventude (Secj). “Estivemos na abertura dos trabalhos, que ocorreu neste final de semana, momento em que pudemos falar sobre a iniciativa em Apucarana e das expectativas com este projeto de escolarização”, conta Moisés Tavares, secretário Especial da Juventude de Apucarana (SEJA).

Na oportunidade, ele esteve acompanhado da assessora da secretaria, assistente social Regina Amélia Carvalho Rodrigues. “Vamos iniciar o projeto em Apucarana com 360 inscritos”, enfatiza Tavares. No Paraná são mais 5 mil beneficiados com a iniciativa que tem raízes no Governo Federal.

Seis Instituições de Ensino Superior (IES) trabalham na capacitação dos educadores. Professores da UEL, UEM, Unicentro, Unioeste, Uenp e Fafipar apresentam aos educadores a Política Pedagógica Integrada, através da qual as disciplinas interagem umas com as outras, permitindo aos alunos a aprendizagem integral.

O Projovem Urbano é um programa que oferece a oportunidade a jovens de 18 a 29 anos de concluírem o Ensino Fundamental, se qualifiquem para o trabalho e participem de atividades de formação de cidadania. Além disso, os participantes receberão uma bolsa-auxílio de cem reais por mês durante o programa (18 meses).