A Secretaria de Ciência Tecnologia e Ensino Superior e a Fundação Araucária selecionaram dez projetos encaminhados por professores da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) para o novo subprograma do Universidade Sem Fronteiras: o Extensão Tecnológica Empresarial. Os projetos difundir o conhecimento desenvolvido na universidade junto às pequenas e médias empresas, cooperativas e Arranjos Produtivos Locais (APLs), preferencialmente em regiões de baixo Índice de Desenvolvimento Humano do Paraná.

Baseando-se em estudos do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e da Secretaria de Indústria e Comércio e Assuntos do Mercosul, algumas áreas da economia foram identificadas como prioritárias para o desenvolvimento das periferias dos grandes centros urbanos ou municípios com desenvolvimento insatisfatório.

Com a aprovação dos dez projetos, a Unioeste receberá cerca de R$ 1 milhão, já que cada proposta poderia solicitar até R$ 100 mil para pagamento de bolsas para acadêmicos recém formados e graduandos, aquisição de materiais de consumo entre outros itens necessários para o desenvolvimento dos programas.

“A universidade buscou incentivar os professores extensionistas e os setores da área empresarial, principalmente o segmento das micro e pequenas empresas, para a formulação de bons projetos. O resultado positivo da aprovação de dez projetos representa a boa receptividade da proposta na comunidade acadêmica e empresarial”. disse o reitor da Unioeste, professor Alcibiades Luiz Orlando.