A Prefeitura de Curitiba está implantando uma galeria celular no córrego Henry Ford, na avenida Henry Ford, no bairro Fanny. A obra vai permitir a ligação das ruas Leonel França e Oscar Wilde, que vão funcionar como uma das pontas do binário Santa Bernadethe. A Leonel França termina na Henry Ford e, com a transposição do córrego, será ligada à Oscar Wilde.

O binário Santa Bernadethe fará a ligação entre os bairros Novo Mundo e Fanny e será um dos pontos de transposição – neste caso entre os bairros Fanny e Hauer – da avenida Linha Verde, que a Prefeitura está construindo na antiga BR 116.

Com dois quilômetros de extensão e representando um investimento de R$ 10 milhões, o binário será formado, no sentido Novo Mundo/Fanny até a avenida Linha Verde, pela pista direita da avenida Santa Bernadethe. O sentido inverso, a partir da Linha Verde, será formado pela rua Leonel França, que vai atravessar a Henry Ford, Oscar Wilde e em seguida pela pista esquerda da avenida Santa Bernadethe.

O binário integra um conjunto de obras previstas no Programa de Transporte Urbano, de US$ 133 milhões, parcialmente financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento.

As ruas que formam o binário estão sendo totalmente revitalizadas, com pavimentação, calçadas feitas com pequenos blocos de cimento, nova iluminação, faixas de estacionamento e novo paisagismo com plantio de 153 novas árvores.