Foto: João de Noronha/O Estado
Buraco aumentou um metro.

O
excesso de chuva também fez com que a Polícia Rodoviária Federal (PRF)
interditasse totalmente a BR-476 (Estrada da Ribeira), na altura do
quilômetro 20. No local – na região de Adrianópolis, na divisa do
Paraná com São Paulo – a água já havia provocado o afundamento de parte
da pista na sexta-feira. O buraco tinha aproximadamente cinco metros de
diâmetro por quatro de altura, e pegava parte do acostamento e da pista
no sentido Adrianópolis-São Paulo. Com a chuva da madrugada, o diâmetro
do buraco aumentou cerca de um metro, fazendo com que a PRF
interditasse o tráfego na via por precaução, já que ainda havia o risco
de mais chuva.

A PRF está com uma equipe no local desde que tomou
conhecimento do problema e informou que o funcionamento da rodovia em
meia pista até o início da tarde não causou congestionamento, já que a
principal via de acesso a São Paulo é a Rodovia Régis Bittencourt
(BR-116). Por se tratar de um trecho de pouco movimento, que em geral
só é utilizado por moradores da região, a tendência é que o tráfego
continue tranqüilo durante o fechamento. A PRF orienta os motoristas
para que utilizem outras vias, caso a alternativa seja possível.

Segundo
informações do Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transportes
(Dnit), o problema foi causado pela ruptura das tubulações de um
bueiro. A previsão é de que as obras de reparos sejam iniciadas já na
segunda-feira, juntamente com outro trecho da mesma BR que está
prejudicado.