Aconteceu na sexta-feira (6) o anuncio dos 32 finalistas da etapa regional da Olimpíada de Língua Portuguesa “Escrevendo o Futuro”. Participaram do evento 125 alunos e seus respectivos professores do 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ano do Ensino Médio, selecionados em todos os estados brasileiros. O evento ocorreu no Teatro Fernanda Montenegro, em Curitiba, e premiou os inscritos na categoria crônica.

Os alunos e professores escolhidos nessa fase participam de diversas atividades de formação, como oficinas de leitura e escrita e visitas culturais. Todos os semifinalistas (alunos e professores) receberão medalhas de bronze da Secretária de Educação, Evelise Arcoverde, e poderão escolher livros em uma livraria montada para eles.

“Trabalhar com a língua portuguesa auxilia não só no falar e escrever, mas possibilita acesso a todas as áreas do conhecimento. Esta é uma oportunidade rica para nós como educadores”, disse a secretaria.

As outras finais regionais ocorreram nas capitais brasileiras e definirão quem irá para a final, em Brasília no dia 29 de novembro, quando serão anunciados os 20 vencedores.

Os 152 alunos e professores finalistas serão premiados com medalhas de prata e aparelhos de som e suas respectivas escolas receberão uma placa de homenagem. Aos 20 alunos e professores vencedores da etapa nacional serão entregues medalhas de ouro, computadores e impressoras. As escolas nas quais estudam os 20 selecionados serão contempladas com laboratórios de informática, compostos por dez microcomputadores e uma impressora, além de livros para a biblioteca.

A Olimpíada é desenvolvida pelo Ministério da Educação (MEC) e pela Fundação Itaú Social, sob coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). Tem como objetivo contribuir para a formação de professores, tendo em vista a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas brasileiras. A proposta disponibiliza aos docentes da rede pública uma metodologia instigante, baseada no ensino e aprendizagem da língua por meio de gêneros textuais.

Nas quatro categorias – poema, memória, crônica e artigo de opinião -, foram recebidas 239.435 inscrições de professores de 60.123 escolas de todo o Brasil. Os números revelam 37.155 inscrições de professores e 4.550 escolas a mais em comparação à edição 2008. Neste ano, a Olimpíada chega a 5.488 cidades, número que corresponde a 99% dos municípios do país.

As escolas públicas de todo o país receberam a Coleção da Olimpíada, material de apoio no ensino da escrita de diferentes gêneros textuais para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, que subsidiou o trabalho dos professores em sala de aula. Entre os meses de março e agosto, apoiados na Coleção da Olimpíada, os professores realizaram com seus alunos oficinas de produção de textos.