Uma reivindicação antiga de Cascavel e municípios vizinhos do oeste do Estado, está sendo, enfim, atendida. Amanhã, às 11h, será inaugurada a delegacia regional da Polícia Federal (PF). A nova sede irá preencher uma ?lacuna? de fiscalização que existe entre Foz do Iguaçu e Guarapuava, caminho por onde passam muitos crimes de âmbito federal. De início, o efetivo será composto pelo delegado-chefe, José Alberto de Freitas Iegas, dois delegados auxiliares, três escrivães e oito agentes.

Segundo informações da Superintendência da PF no Paraná, Cascavel, além de também ser um município de fronteira, fica na rota de crimes como contrabando e tráfico. Segundo eles, entre Foz e Curitiba, a única delegacia está localizada em Guarapuava, por isso a nova delegacia virá para ?tapar essa lacuna? e atender a necessidade da região. Serão pelo menos 64 municípios atendidos pela nova sede.

O presidente da subseção de Cascavel da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcos Vinícius Boschirolli, comenta que a comunidade local luta pelo menos há uma década para ter uma delegacia da PF. ?A necessidade é em razão da enorme área que a Polícia Federal de Foz tem que cobrir, mas não dá conta. A cidade ganha bastante, pois agora pode se sentir mais segura por saber que crimes como contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas e armas, comuns na região, serão identificados e investigados?, comemora Boschirolli.

Ainda de acordo com a superintendência, a Polícia Federal trabalha em conjunto com a Justiça Federal. Sem uma delegacia na região, quando um flagrante era dado em Cascavel e outros município.s como Toledo e Francisco Beltrão, era encaminhado para as delegacias mais próximas – de Foz do Iguaçu, Maringá ou Londrina -, para depois retornar ao município, onde já está instalada a Justiça Federal. Esse problema também será resolvido esta semana. Outros municípios do Paraná que já têm sede da Justiça Federal – entre eles Ponta Grossa e Apucarana – ainda esperam por uma delegacia da Polícia Federal. De acordo com a superintendência, a próxima a ganhar uma delegacia pode ser Ponta Grossa.

Além do superintendente da PF no Paraná, Jaber Saadi, e do presidente da subseção da OAB de Cascavel, Boschirolli, participarão da inauguração o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, o diretor geral da PF, Paulo Fernando Lacerda, e o prefeito Lísias Tomé (PPS). A solenidade na delegacia será logo após a inauguração da Penitenciária Federal de Catanduvas, municípios vizinho a Cascavel, que também será amanhã, às 9h.