Curitibanos tiraram agasalhos do armário.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, alertou ontem as defesas civis dos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul quanto à queda drástica nas temperaturas nesta semana. A influência de forte massa de ar polar sobre a região Sul do País, desde o último fim de semana, irá resultar em madrugadas com os termômetros marcando menos que 10ºC.

De acordo com a previsão da meteorologista da Sedec, Cristina Lourenço, o frio será mais intenso nas madrugadas de amanhã e quinta-feira. Nas serras gaúcha e catarinense e no Sul do Paraná, nas áreas vizinhas ao município de Palmas, há a possibilidade da ocorrência de temperatura mínima próxima de 0ºC. Em toda região, exceto na faixa litorânea, há risco da ocorrência de geadas durante as próximas madrugadas, com possibilidade de prejuízos para as plantações.

A Sedec também avisou sobre a ocorrência de ondas de até 3,5 metros de altura no litoral da região Sul. Com isso, há risco para a navegação de pequenas e médias embarcações.

Avisados

O tenente Gílson Mattos, da Defesa Civil do Paraná, explicou que no litoral paranaense os pescadores estão recebendo recomendações para não entrar em alto mar. Já no continente há um alerta geral para que a Defesa Civil não seja surpreendida pelo frio. “As coordenadorias regionais estão avisadas. Elas estão se articulando junto aos municípios para evitar que indigentes e moradores de rua sejam vítimas do frio”, afirmou.

Segundo o meteorologista do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), Marcelo Brauer, as temperaturas ficam baixas até o final da semana, devido a uma nova massa de ar frio que se aproxima. “No último fim de semana esfriou por causa de uma dessas massas, típicas de outono. Ela está enfraquecendo, mas outra já vem chegando pelo Oeste”, contou. Brauer salientou que há possibilidade de geadas nas regiões Sul, Centro e Oeste do Paraná. “Até no Norte, em Londrina e Maringá, há chance de geada fraca esta semana”, revelou. A mínima prevista para o Estado é em Palmas, com 0ºC amanhã e quinta-feira. Hoje a mínima será de 2ºC em Palmas e 5ºC na capital. “Os dias vão permanecer bem frios. Mesmo com o sol aparecendo no meio da manhã e à tarde, as temperaturas não se elevam muito.” O meteorologista lembrou que a mínima ontem no Estado foi de 1,9ºC, em Guarapuava. “A tendência é que fique mais frio nas regiões mais altas”, concluiu.