Os 1.160 alunos do turno da tarde do Colégio Caic Guilherme Lacerda Braga, no Bairro Novo, no Sítio Cercado, levaram ontem para casa 6,5 mil pães. Eles estão participando de um projeto do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria no Estado do Paraná (Sipcep), para incentivar o consumo do pão.

Segundo a diretora da escola, Ana Lúcia Bonatto, os alunos estão motivados a escrever e a estudar sobre o assunto. Elizandra Sizinado, 8 anos, já tinha uma boa idéia sobre como se prepara o pão. “É difícil, vai trigo, água e fermento”, explicava. Ela também conhecia os benefícios do produto. “Deixa a gente forte”, disse. Maiara Marciniak, 7 anos, dizia que iria repartir. “Vou dar para a minha avó, primo, tia e vou comer também”, explicou.

Os alunos da rede muncipal têm até o dia 26 deste mês para entregar as redações sobre o produto e concorrer a prêmios, que vão de uma festa de aniversário para os vencedores a um café da manhã para a sala. O presidente do Sipcep, Joaquim Gonçalves, diz que o brasileiro ainda consome pouco pão, são 27 quilos por habitante e, segundo a Organização Mundial da Saúde, o ideal seria 60 quilos. Além disto, eles querem divulgar o dia do pão, em 16 de outubro. Nesta data vão produzir o maior pão linear do mundo, com 300 metros de comprimento.