O edital de licitação do metrô de Curitiba será republicado hoje pela prefeitura. A Comissão Especial de Licitação do metrô decidiu alterar a cláusula 30 do contrato, acrescentando os valores a serem pagos à concessionária, em forma de contraprestação por serviços prestados, ao longo dos 30 anos de operação do novo modal. Com isso, a data para a entrega dos envelopes com a documentação e as propostas, na sede da BM&F Bovespa, em São Paulo, foi alterada do dia 11 para o dia 25 de agosto.

Segundo Juarez Varallo Pont, superintendente de Administração da Secretaria Municipal de Planejamento e Administração, a modificação atende a uma sugestão feita por uma empresa interessada na licitação e não modifica o valor da contraprestação a ser paga. Ao longo dos 30 anos de operação, a prefeitura deverá desembolsar R$ 30 milhões por ano, como remuneração pelos serviços prestados pela concessionária.