Lucimar do Carmo / O Estado do Paraná
Dom Ladislau: festa na Cúria Metropolitana.

“Apoiar lutas sociais para minimizar o sofrimento dos segmentos excluídos da sociedade é uma das principais missões da Igreja não só no Paraná e no Brasil, mas em todo mundo.” A afirmação é do bispo auxiliar de Curitiba, dom Ladislau Biernaski, que tem 67 anos de idade e ontem comemorou jubileu de prata (25 anos) de vida episcopal.

Para festejar a data, um café da manhã repleto de convidados foi organizado no salão nobre da Cúria Metropolitana de Curitiba, no bairro Mercês. Durante o evento, dom Ladislau valorizou a atuação dos movimentos sociais e das pastorais – da criança, carcerária, das favelas, do migrante, da recuperação de dependentes químicos, entre outras – na luta contra as desigualdades sociais: “A atuação dos movimentos e das pastorais é justamente junto aos segmentos mais debilitados da comunidade”, afirmou. “A vivência da promoção humana ou da caridade desenvolvida tanto pelos movimentos quanto pelas pastorais tem contribuído com a redução das injustiças. As pessoas não podem se conformar com a situação atual e devem trabalhar para modificá-la.”

Política

Segundo o bispo, nos últimos anos, a Igreja tem tido uma participação política cada vez maior. Porém, além de conversar com os governantes, também é papel da instituição conscientizar a população para que ninguém fique de “braços cruzados” e todos se envolvam na luta contra as desigualdades: “Como manda o Evangelho, a Igreja deve ser o fermento no meio da massa. Tenho trabalhado por isso nos últimos 25 anos e daqui para frente espero poder continuar minha caminhada no sentido de dinamizar a presença da Igreja na sociedade”, declarou dom Ladislau.

Também em homenagem ao jubileu de prata, foi realizada à noite uma celebração eucarística, na Catedral Basílica de Curitiba, no centro da cidade. Na seqüência, foi realizado um jantar festivo em restaurante do bairro Santa Felicidade.