Cinco pessoas morreram afogadas depois que o veículos em que estavam caiu dentro do lago, no interior do Hotel e Estância Betânia, bairro Roseira, Colombo. Eles participavam da confraternização de fim de ano de uma empresa de telecomunicação e por volta das 19h30 de ontem entraram no Peugeot branco para retornar à Curitiba.

Segundo testemunhas, o motorista, identificado apenas como Eduardo, 30 anos, perdeu o controle no final de uma descida e o carro acabou deslizando na pedra brita, em seguida caiu na água. A mulher dele, que estava no banco ao lado, foi a única pessoa que conseguiu sair do automóvel antes que submergisse. Ela estava em choque e não conseguia explicar o que tinha acontecido.

“Ela apenas disse que quem dirigia era o esposo dela e que de alguma maneira, ainda no início do acidente, conseguiu sair do carro, não sabe como. Infelizmente os outros não tiveram o mesmo êxito”, comentou o tenente Nascimento, do 22.º Batalhão da Polícia Militar.

Os bombeiros chegaram rapidamente, mas os cinco já estavam mortos. Assim como Eduardo, os demais foram identificados apenas pelo primeiro nome: Daiane, 26, Allan, 22, Pedro, 25, e Ricardo, 22. Ficaram a sete metros de profundidade. Os bombeiros conseguiram içar parcialmente o carro e retirar os corpos, em seguida soltaram o veículo de volta. O proprietário da empresa contou com ajuda da polícia para avisar os familiares dos mortos.