Uma solenidade realizada no Palácio Iguaçu, nesta terça-feira, marcou os 35 anos de irmandade entre o Estado do Paraná e a província de Hyogo, no Japão. Os governadores Roberto Requião e Toshizo Ido assinaram uma declaração conjunta que fortalece o intercâmbio nas áreas da cultura, educação e economia.

O acordo também prevê a troca de informações tecnológicas para a prevenção e solução de desastres ambientais e para o desenvolvimento das duas regiões.

?A colaboração entre Paraná e Japão, ao longo dos anos, tem se mostrado extraordinariamente efetiva e profícua, desde o Kassato Maru, o primeiro navio da imigração japonesa, que chegou aqui no Brasil há quase 100 anos?, declarou o governador.

Para Requião, o maior resultado desta parceria é o Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná), construído com a colaboração do Japão. ?Somos Estado irmão da província japonesa Hyogo, que foi vitimada por aquele terremoto, ocorrido há 10 anos, que destruiu Kobe, sua capital. Recuperada, a província volta a restabelecer os laços com o Paraná, em áreas como a tecnologia, preservação do meio ambiente?, afirmou.

?Conhecemos o Japão também, pela qualidade dos nossos irmãos japoneses que aqui se erradicaram. Exemplos de seriedade e trabalho. Notáveis pela contribuição que dão para a construção da civilização paranaense e brasileira?, contou.

O governador da província de Hyogo falou sobre a importância de assinar o documento para dar continuidade a essa intenção de irmandade entre estes dois Estados.

?São 35 anos de vários intercâmbios que já se procederam. Mas hoje, estamos também assinando a intenção do futuro, querendo a prosperidade mútua entre o Paraná e Hyogo, especialmente na área da cultura, educação, meio ambiente e economia. Em diversas atividades nós queremos cada vez mais aprofundar as relações entre os dois Estados?, declarou Ido.

A comitiva japonesa é composta por 100 pessoas de várias áreas. Entre eles, estão estudantes agrícolas, políticos e empresários. A visita oficial ao Paraná segue até sexta-feira e inclui as cidades de São José dos Pinhais e Foz do Iguaçu. A província de Hyogo tem como capital Kobe. A sua área compreende 8.392,83 km², com 5.581.000 habitantes.

Também estavam presentes no evento o vice-governador e secretário da Agricultura e Abastecimento, Orlando Pessuti; o secretário da Casa Civil, Caíto Quintana; o secretário de Relações Internacionais e Cerimonial, Jacir Bergmann II; o cônsul geral do Japão, Hirotsugu Hagiuda; o chefe da delegação dos deputados da província de Hyogo, Hideichi Nagata; o diretor de relações internacionais, Osamu Niwa; deputados federais e estaduais; prefeitos e vereadores.