A plataforma P-51 visitada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a primeira plataforma do tipo semi-submersível a ser construída integralmente no país. O índice de nacionalização (ou seja de equipamentos e serviços nacionais usados na construção) deve atingir 69%;em média.A unidade vai operar no campo de Malin Sul, na Bacia de Campos, com entrada em operação prevista para fevereiro de 2008, quando produzirá a plena carga 180 mil barris de petróleo por dia alem de comprimir 6 milhões de metros cúbicos de gás natural. A unidade está custando US$ 845 milhões.

O presidente também está vistoriando as obras da P-52, que produzirá os mesmos 180 mil barris de petróleo por dia, mas entrará em operação um ano antes: início de 2007.