O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve proibir a entrada de imigrantes vindos de países que representaram uma ameaça à segurança nacional, como parte de várias ações executivas que devem ser anunciadas amanhã, de acordo com autoridades do Congresso. Não ficou claro quais países seriam afetados pela proibição.

Durante a campanha presidencial, Trump havia dito inicialmente que proibiria a entrada de muçulmanos mas depois mudou sua proposta para a suspensão de vistos para pessoas de qualquer lugar “onde não pode ocorrer uma triagem correta”.

Duas autoridades do governo falaram sob condição de anonimato que o presidente também vai iniciar os passos para reforçar a segurança nas fronteiras – incluindo a proposta de construir um muro na região fronteiriça do México. (Matheus Maderal – matheus.maderal@estadao.com)