A Suprema Corte da Venezuela disse hoje que a procuradora-geral, Luisa Ortega Diaz, enfrentará acusações como resultado de uma decisão da corte em um movimento que deve aprofundar ainda mais a crise política vivida pelo país vizinho.

Em um comunicado emitido hoje, a corte disse que aprovou o pedido de um legislador para afastar Luisa da proteção da procuradoria-geral por supostamente cometer “sérios erros” em seu cargo.

Opositores do presidente Nicolás Maduro disseram que Luisa está sendo atacada por sua decisão de romper com o governo em meio a planos de acabar com a Assembleia Nacional e tentar reescrever a constituição. Fonte: Associated Press.