O comitê de ética do Parlamento do Canadá iniciou uma investigação formal sobre o primeiro-ministro do país, Justin Trudeau, para verificar se o premiê violou uma lei de conflito de interesse quando ficou em uma ilha privada nas Bahamas durante o Natal.

A comissária do Comitê de Conflitos de Interesse e ética do Parlamento canadense, Mary Dawson, revelou a investigação em uma carta enviada na semana passada a um legislador do Partido Conservador. Um porta-voz de Dawson disse que a investigação não será a primeira envolvendo um primeiro-ministro em exercício.

Durante a viagem às Bahamas, Trudeau e sua família fizeram um passeio de helicóptero privado em Nassau para uma ilha privada que era propriedade de Aga Khan, chefe espiritual de cerca de 10 a 15 milhões de muçulmanos xiitas. A lei canadense proíbe que funcionários públicos aceitem viajar em aeronaves privadas, a menos que seja necessário para o trabalho. Fonte: Dow Jones Newswires.