A morte acidental de um empregado fantasiado como o cão Pluto, ocorrida pouco antes de um desfile temático, abalou o parque Disneyworld na Flórida. O trágico acidente sofrido por Javier Cruz não foi percebido pelos milhares de visitantes, que não viram quando uma das limusines do tradicional desfile de personagens da Disney o atropelou.

Cruz trabalhava na Disney desde 1995 e representava Pluto no desfile para os turistas. Trata-se da segunda morte em acidente de trabalho em pouco tempo, já que em 1999 o parque da Flórida foi multado por “graves violações dos códigos de segurança” quando outro empregado morreu ao tentar consertar um problema mecânico na atração Skyway Ride.