Um bimotor ATR-72 com 43 pessoas a bordo caiu na Sibéria matando pelo menos 32 pessoas, informou nesta segunda-feira o Ministério para Situações de Emergência da Rússia.

O ATR-72, um avião turboélice bimotor, de fabricação franco-italiana era operado pela UTair, e decolou do aeroporto de Roschino, perto de Tyumen, em direção a Surgut (também na Sibéria), caindo em um campo nevado, de acordo com o ministério.

Segundo as agências russas, o avião desapareceu dos radares pouco depois de decolar, caindo cerca de 40 quilômetros distante do aeroporto de onde partiu, às 7h50 locais de segunda-feira (22h50 de domingo no horário de Brasília).

Segundo informações, havia 39 passageiros e 4 tripulantes a bordo, informou um porta-voz do ministério à agência de notícias “Interfax”. Segundo a agência, ainda não estão claras as causas do acidente. A UTair divulgou uma lista dos ocupantes da aeronave, e, segundo a “Interfax”, nenhum deles parece ser estrangeiro. As informações são da Dow Jones.