A Assembleia-Geral da ONU aprovou nesta tarde uma resolução que considera nula e vazia a decisão dos Estados Unidos de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. Na sessão, 128 países votaram a favor do texto e 9 foram contrários. Outros 56 se abstiveram. A resolução tem valor simbólico.

Por meio de um porta-voz, o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, considerou a votação uma “vitória para a Palestina”. “Continuaremos nossos esforços nos fóruns internacionais para encerrar a ocupação e estabelecer um Estado palestino com capital em Jerusalém Oriental”, disse o líder palestino. Fonte: Associated Press