Graças a uma menina de sete anos, o campeão olímpico Joe Jacobi recuperou sua medalha de ouro que havia sido roubada. Estudante do primário, Chloe Smith encontrou o objeto em uma pilha de lixo em Atlanta, nos Estados Unidos, e foi atrás de Jacobi para devolvê-la. O atleta ficou tão agradecido que resolveu realizar uma palestra sobre a devolução da medalha, na última segunda-feira (29), na escola de Chloe. As informações são do jornal britânico The Telegraph.

Vencedor da canoa dupla masculino na Olimpíada de Barcelona, em 1992, Jacobi teve o prêmio roubado em junho deste ano, quando um ladrão arrombou seu carro. Semanas mais tarde, Chloe estava caminhando pela cidade de Atlanta com seu pai quando avistou o objeto brilhante em meio a dejetos.

Segundo o Telegraph, Jacobi havia feito uma postagem no Facebook contando sobre a perda da medalha – e foi assim que Chloe e seus pais o encontraram. Depois de o contatarem e entregarem o objeto, o atleta decidiu que iria até a escola da menina para contar às crianças sobre a boa conduta de Chloe.

“A Chloe estava muito animada, mal podia esperar pela visita do Joe”, contou a mãe da garota, Charlmonique Smith, a jornais locais. Portando a medalha dourada, o canoeiro falou sobre a atitude da menina em frente aos colegas: “É a ideia de escolher fazer a coisa certa, por isso Chloe, eu te agradeço pelo bom caráter e por fazer a coisa certa. E para os pais e a família dela, também agradeço”, discursou.

Em entrevista a WSB-TV, o atleta explicou que a devolução o comoveu e que acha que “às vezes não damos a uma criança de sete anos de idade crédito suficiente para as escolhas que podem fazer, e tampouco consideramos a influência e poder de uma escolha sobre toda a comunidade”, disse ele.

Veja fotos da visita de Jacobi à escola de Chloe:

 

https://twitter.com/kimberlywgreen/status/770278179089031169/photo/1?ref_src=twsrc%5Etfw