Nápoles – A Justiça de Nápoles pediu que seja processado por corrupção Silvio Berlusconi, ex-premier italiano, líder do principal partido de oposição e homem mais rico do país.

A Justiça formulou a acusação baseada em gravações telefônicas, a partir das quais o promotor Vincenzo Piscitelli concluiu que Berlusconi teria "recomendado" cinco atrizes ao então presidente da Rai Fiction, Agostino Saccà.

Saccà, que também está incluído na acusação, teria favorecido as atrizes "apadrinhadas" pelo ex-premier em troca de promessas de apoio em futuras atividades privadas.

O pedido para processar Berlusconi foi transmitido ao juiz de investigações preliminares, que deverá assiná-lo nos próximos dias.