Três palestinos foram mortos hoje em uma misteriosa explosão em um campo de treinamento usado por militantes dos Comitês de Resistência Popular, na Faixa de Gaza e perto da fronteira egípcia, disseram médicos à agência France Press.

“Três mártires foram mortos e outros quatro feridos na explosão em um local que pertence à resistência popular no bairro de Tel Sultan, em Rafah”, disse Adham Abu Selmiya, porta-voz dos serviços médicos na Faixa de Gaza.

A causa da explosão não é conhecida e militares israelenses declararam que “nada tem a ver com o incidente”. Em 20 de outubro, 13 civis palestinos ficaram feridos em uma explosão de origem indeterminada, em um edifício do Hamas em Tel Sultan. As informações são da Dow Jones.