O deputado estadual republicano Mike Duvall, do sul da Califórnia, deixou o cargo depois que uma conversa sua, na qual ele contava suas predileções sexuais e sua relação com uma lobista, foi gravada.

Duvall disse hoje, em comunicado, que seus comentários foram inapropriadas e se tornaram “um grande distúrbio” para o trabalho de seus colegas na última semana da legislatura. Ele afirmou que não seria justo com sua família, eleitores ou amigos continuar no cargo.

 

O deputado de 54 anos é casado e tem dois filhos adultos. Ele foi avaliado como deputado 100% por um grupo conservador por seus votos em leis consideradas a favor da família durante a legislatura 2007-2008.

Os comentários que o comprometeram foram feitos junto a um colega durante o intervalo de uma audiência de comitê. A conversa foi capturada por um microfone. Na gravação, transmitida pela emissora KCAL-TV, de Los Angeles, Duvall fala de um caso extraconjugal com uma mulher de 36 anos, e detalha suas preferências sexuais.