Um porta-voz da Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos afirmou que não serão divulgadas informações sobre a eventual autenticidade dos milhares de documentos que seriam da agência e foram vazados hoje pelo WikiLeaks. “Nós não comentamos a autenticidade ou o conteúdo de supostos documentos de inteligência”, disse o porta-voz.

O WikiLeaks diz que a CIA “perdeu o controle” da maioria do seu arsenal usado para coletar informações de inteligência. Segundo a organização, o arquivo hoje vazado estaria circulando entre ex-hackers do governo e funcionários terceirizados de maneira não autorizada. Fonte: Dow Jones Newswires.