Mais duas pessoas foram contaminadas pelo vírus da gripe aviária na China, o H7N9, elevando o número de doentes para 20, segundo informações da agência de notícias Kyodo. Desse total, seis morreram.

A Comissão de Planejamento Familiar e Saúde da cidade de Xangai comunicou por meio de um miniblog do governo que uma das vítimas é um homem de 59 anos de idade, de sobrenome Shen, morador da província de Anhui. A outra vítima tem 67 anos, mora em Xangai, possui sobrenome Li.

Segundo a entidade, nenhum dos membros da famílias das vítimas ou contatos próximos desenvolveram a doença. Na maioria dos casos confirmados da gripe aviária, os indivíduos tiveram contatos com aves antes de ficarem doentes.

Em Xangai e Nanjing, as autoridades ordenaram o abate generalizado de aves vivas, na esperança de impedir a disseminação da doença, que até agora não parece ser transmitido entre humanos. As informações são da Dow Jones.