Depois de deixar de lado as menções a Porto Rico nos discursos sobre os furacões que devastaram o Caribe e o sul dos Estados Unidos nas últimas semanas, o presidente Donald Trump repentinamente tem dado destaque ao território livre americano e anunciou até uma visita ao local.

A viagem de Trump vai ocorrer na próxima quarta-feira, 4 de outubro. O presidente americano vai pousar também nas Ilhas Virgens. Antes disso, porém, o chefe da Casa Branca participou nesta terça-feira de várias reuniões nas quais cobrou providências da equipe para recuperar as áreas degradadas pelo furacão Maria.

A pressão de Trump à equipe já fez resultado. O diretor da Agência Federal para o Manejo de Emergências, Brock Long, informou que dez barcos vão se juntar às 16 embarcações da Marinha e da Guarda Costeira que já estão em Porto Rico.

Seis dias depois de o furacão Maria tocar a ilha, Porto Rico segue em situação complicada. Cerca de 3,4 milhões de habitantes seguem sem fornecimento de energia elétrica e sofrem o desabastecimento de água e alimentos.

Os voos para sair da ilha são pouco frequentes e as comunicações são intermitentes, além do que as estradas estão congestionadas e cheias de escombros. Fonte: Associated Press.