São Paulo – Mais dois ônibus foram incendiados hoje em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo. A nova onda de ataques atribuída ao Primeiro Comando da Capital (PCC) começou na madrugada. Órgãos do Estado e civis – como transportes, agências bancárias, caixas eletrônicos e postos de gasolina – voltaram a ser atingidos.

Segundo a Polícia Militar, dois indivíduos entraram num dos veículos e ordenaram que os passageiros descessem. Em seguida, jogaram gasolina e atearam fogo. Ninguém ficou ferido. O crime aconteceu por volta das 11 horas com um coletivo da Viação Transguarulhense. O outro ônibus foi queimado no Jardim Angélica também em Guarulhos, porém ainda não havia informações sobre feridos.

As primeiras informações apontavam para o total de 25 ônibus incendiados na Grande São Paulo, sendo 15 só na capital. A SPTrans confirmou pelo menos 4 ataques na cidade de São Paulo. Na zona leste, as viações paralisaram o serviço após a destruição de um trólebus.

Em Mauá, na região metropolitana, cerca de sete ônibus foram incendiados. Em Santo André, pelo menos três coletivos foram atacados. Ataques a ônibus também foram registrados na cidade de Jundiaí, onde o transporte foi paralisado.